E-mail
Assine já!
Notícias Unisite

05/04/2017 - 09:50:46

Metas
Secretaria de Educação define 16 prioridades para este ano Principal medida será a redução de 80% da fila de espera por vaga na creche
ALTERA O
TAMANHO DA LETRA



O secretário municipal de Educação, Mauro Guerra, divulgou ontem as metas definidas pela prefeitura para este ano na área educacional. Segundo o educador, após vários estudos e reuniões com a equipe técnica com o prefeito Ricardo Raymundo e o vice Caio Aoqui, foram definidas 16 ações prioritárias para serem executadas ainda neste ano.

Uma das metas mais audaciosas é a redução em cerca de 80% da lista de espera nas creches municipais. Segundo Mauro Guerra, a rede municipal de ensino conta atualmente conta com 427 crianças na lista de espera, déficit que deve ser reduzido para apenas 87 vagas até o final do ano.

O secretário de Educação explicou que 150 novas vagas seriam abertas com a inauguração da nova creche que está sendo construída no conjunto habitacional “Walter Pimentel”. Outras 95 vagas seriam criadas com a ampliação da creche “Almerinda de Souza Leão”, cujo projeto, estimado em mais de R$ 1 milhão, já está em fase adiantada de elaboração.

Guerra destacou ainda que a Secretaria de Educação pretende abrir mais 95 vagas através da reorganização das creches, totalizando 340 novas vagas neste ano. Ele destacou que o maior desafio para a Secretaria Municipal de Educação não é apenas a abertura de novas de vagas, mas garantir a ampliação do atendimento sem prejuízo à qualidade de ensino e atendimento oferecidos.

Destacou ainda que todo o trabalho pedagógico das creches será revisado e o foco será na formação dos profissionais e o tratamento das creches será igual das escolas, uma vez que o papel das creches também é a educação.

“Uma das nossas metas é abrir novas vagas para reduzir o número de crianças aguardando vaga nas creches, mas nossa preocupação não é apenas aumentar o atendimento para reduzir a demanda, mas sim ampliar o atendimento com a mesma qualidade de ensino que vem sendo oferecida às nossas crianças. É importante ressaltar que ampliar o atendimento nas creches não se resume a recursos estruturais ou investimentos em prédio, mas engloba também contratação e capacitação das equipes que vão atender as crianças, investimentos na parte pedagógica, entre outros”, explicou.

O secretário de Educação explicou também que além da abertura das novas vagas, a prefeitura também pretende, com ampla discussão com o Ministério Público e a Vara da Infância e Juventude, reformular os critérios de atendimento da lista de espera com o objetivo de atender prioritariamente as famílias mais necessitadas. “O acesso à Educação é um direito da população e dever do poder público, mas atualmente o atendimento tem como único critério a ordem de solicitação da vaga, o que nem sempre é um processo justo. Por isso, vamos tentar, obedecendo ao princípio da conveniência e com ampla discussão com o Ministério Público, priorizar o atendimento às pessoas que realmente necessitam da vaga na creche e que não dispõe de recursos pagar escola particular ou alguém para cuidar dos filhos. Com a reorganização da lista de espera também vamos atualizar a demanda por vagas já que muitas mães que solicitam vagas acabam desistindo de colocar o filho na creche ou mudam de cidade no decorrer do ano”, afirmou.

Outras metas

Mauro Guerra revelou que planejamento da Secretaria de Educação para este ano incluiu também a ampliação das escolas de Tempo Integral no município. Atualmente Tupã conta apenas com uma Escola de Tempo Integral, que funciona na escola “João Geraldo Iori”. Outras duas unidades de Tempo Integral devem ser implantadas nas escolas municipais “Governador Mário Covas” e “Professor Thiago Leandro”.

Entre as metas da Secretaria Municipal de Educação também estão a organização e adequação do PPP - Projeto Político Pedagógico das Unidades Escolares, o acompanhamento pelo secretário dos momentos de planejamento e formação das escolas e creches.

“Também constam como metas para este ano a organização das regras de pontuação do docente e atribuição de aulas; a elaboração do o Regimento Comum das Unidades Escolares, incluindo creches e escolas e a organização da área de Supervisão Escolar no âmbito do município”, revelou.

A Secretaria de Educação pretende ainda implantar a informatização de registros e documentos em todas as escolas e creches e a implantação de
material didático apostilado em todas as unidades.

Segundo Guerra as metas para 2017 incluem ainda a implantação do processo de reformas e adequações das unidades escolares; reformas e adequações das creches; Organização Pedagógica das unidades, além da Organização Pedagógica e Administrativa dos Projetos de Segundo Turno.

As metas ainda ampliar os índices de avaliações externas e melhoria dos sistemas pedagógicos, implantar ações de valorização profissional, além de reorganizar administrativamente a Secretaria Municipal de Educação.

O secretário de Educação ressaltou ainda que apesar de necessárias, as metas serão implantadas gradativamente, sem pressa e com muita seriedade. “A educação deve ser levada a sério e estamos trabalhando com muita seriedade. O planejamento dessas 16 metas será repassado para todas as escolas. Já visitamos todas as creches, estamos acompanhando e participando dos momentos de HTPC das escolas porque queremos trabalhar muito próximo tanto com os diretores, com o trio gestor das escolas e também com os professores, porque eles são os agentes de mudanças. São eles que irão desenvolver todos os trabalhos, então há necessidade que a Secretaria de Educação trabalhe com muito afinco, muita proximidade dos professores, do corpo docente e do corpo diretivo de cada escola e também de cada creche”, enfatizou.