E-mail
Assine já!
Notícias Unisite

11/03/2011 - 07:27:47

Às escuras
Iluminação pública deve ser normalizada em até 45 dias
Cidade tem mais de mil pontos de iluminação apagados

ALTERA O
TAMANHO DA LETRA


O período de transição entre a parada dos serviços de manutenção de iluminação pública em Osvaldo Cruz por parte da Caiuá e até a Prefeitura completar a contratação de uma empresa terceirizada para os serviços levou a cidade a um déficit na manutenção da iluminação pública.

Hoje a cidade tem perto de mil pontos apagados, segundo levantamento da empresa Veiga Biliu Ltda., responsável pelos trabalhos desde o começo de fevereiro.

De acordo com Antonio Amorin, responsável pela empresa, após o primeiro mês de trabalho Osvaldo Cruz ficou aproximadamente quatro meses sem manutenção, gerando o déficit. "Serão necessários pelo menos 45 dias meses até que a situação esteja normalizada, mas poderemos precisar de até 60 dias", afirmou.

Osvaldo Cruz tem hoje cerca de 8,3 mil pontos de iluminação pública. Desses, 1,1 mil estavam apagados no começo de fevereiro. Já foram reparados 283 pontos. "Em toda a extensão temos perto de mil pontos ainda a serem consertados", completou Amorim.

Por isso, a Prefeitura disponibilizou material para uma espécie de arrastão para religamento dos pontos onde há problemas. "As pessoas podem continuar ligando para a Prefeitura, através do 0800 da Ouvidoria Municipal, mas estamos dividindo a cidade em setores e promovendo a manutenção", explicou o técnico ao mencionar que o trabalho compreende pontos onde há ou não registro de ocorrências.

Há situações onde há até oito pontos escuros de iluminação numa mesma rua. As chuvas dos últimos dias tem comprometido a velocidade dos trabalhos e ainda compromete ainda mais a iluminação. "Por isso, pedimos um pouco de paciência aos moradores. Estamos trabalhando com o máximo da nossa capacidade", observou.

Quem tiver problemas com iluminação pública deve ligar para a Ouvidoria Municipal através do 0800-773-2260 ou pelo e-mail ouvidoria@osvaldocruz.sp.gov.br.





Giuliano Panvéchio
Assessoria de Imprensa