E-mail
Assine já!
Notícias Unisite

26/03/2015 - 10:44:44

NOTÍCIAS DA SEMANA - 26.03.2015
Por Roberto Musatti
ALTERA O
TAMANHO DA LETRA


1. O Oriente Médio está pronto para nova explosão – tropas da minoria Houthi do norte do Yemenque tinham tomado a capital Sana agora tomaram a cidade de Aden, o aeroporto e a antiga base naval americana, obrigando o presidente do país, da maioria sunita, a fugir do país. Boa parte do Yemen está nas mãos da Al Qeda, Isis. A força aérea saudita - com uma coalizão de dez paises - já está bombardeando posições Houthis e concentra tropas na fronteira por que não desejam ali um estado apoiado pelo Irã. Irá o Yemem no destino da Síria, Iraque e Líbia de numa guerra civil sem fim? (BBC - NYTimes)

2. A maior fusão do ano acaba de ser confirmada – O grupo 3G (Sicupira, Telles e Lehmann da Inbev) mais o fundo Berkshire Hathaway de Warren Buffet, donos da Heinz (ketchup) fez um proposta (já aceita) para os acionistas da Kraft Food Co. Os acionistas da Kraft irão receber ações da nova empresa e mais US$ 10 bilhões por 51% da empresa que irá se chamar Kraft Heinz Company , a 3ª maior empresa de alimentos dos EUA com vendas anuais de US$ 28 bilhões. Os brasileiros já possuem alem da Imbev, a Budweiser.

3. Assim como o Whisky, a Tequila começa a introduzir no mercado sua versão envelhecida 7 anos, o triplo do necessário nas suas versões atuais de mercado. Procurando um mercado premium para aumentar suas vendas que em 2014 só nos EUA alcançou a venda de US$ 2.4 bilhões, a segunda em destilados. A empresa Patron lançou este mês a Tequila Extra Añejo de sete anos produzida em sua fazenda em Jalisco no México, ao módico preço de Us$ 290 a garrafa (aprox. R$ 1 mil). A grande dificuldade da tequila é sua matéria prima – o cactus Algave Azul que leva 7 anos também para produzir, bem mais que os ingredientes da bebida escocesa. (Fortune.com)

4. A vingança de Obama contra o 1º ministro reeleito de Israel, Netanyahu, pela sua recente visita ao Congresso Americano para discursar contra o acordo nuclear que estava sendo costurado com o Irã, já começou. Primeiro ameaçou deixar de apoiar Israel na ONU e congelar a ajuda militar. Agora, ‘fontes anônimas da Casa Branca’ informaram ao jornal Wall Street Journal que Israel ‘espionou’ os americanos e vazou detalhes secretos do acordo para os senadores e deputados americanos para que votassem contra o acordo caso esse chegasse ao Congresso. A reportagem não diz como os documentos vazaram, mas parece que Obama deu mais um tiro no pé ao revelar que os EUA obtiveram esta informação espionando os israelenses! Tudo para aprovar um acordo que ninguém quer – Israel, o Congresso e o próprio Irã – e às vésperas da visita do líder do Congresso a Israel em reciprocidade a ida de Netanyahu a Washington. (BI Intelligence)

5. A Europa vai ultrapassar os EUA como maior exportador de trigo do mundo na safra 2015-16 com 28.3 milhões de toneladas, contra 27.6 dos americanos devido à valorização do dólar aliado ao tombo do Euro e do Rublo. O Canadá deverá ser o terceiro com 20.9 milhões de toneladas. Tanto a Rússia como a Ucrânia, Canadá e EUA terão uma queda nominal da produção devido a problemas climáticos, o que deve elevar o preço da commodity. Mau pressagio para o Brasil, que importa boa parte de seu consumo... ( Agrimoney)

6. A recente queda do valor do Dólar americano no mercado fez com que boa parte das commodities subissem de preço, como o café, o petróleo, o milho. O adiamento do aumento de juros e fim dos incentivos monetários decididos na ultima reunião do FED (banco central americano) foi o principal motivo. (boas novas para a balança comercial brasileira) (Agrimoney)

7. O Banco Central avisou nesta semana que vai encerrar por enquanto sua política de intervenção no cambio com leilões de swaps cambiais. Com isso fica aberta a porteira e sinalizado pelo governo que economicamente é aceitável um dólar a R$ 3.50 até a metade do ano. (Bom para os exportadores de commodities... os industriais ainda lambem as feridas dos aumentos de energia, transportes, combustíveis, folha de pagamento, impostos e juros). (Valor-on-Line).

8. A Grécia está muito perto de declarar default ou o calote em suas dividas internacionais devido as exigências do Banco Central Europeu e a Alemanha. Sem dinheiro novo o país não vai conseguir honrar seus compromissos após 8 de Abril e desesperado está cobrando uma divida da 2ª Guerra Mundial com os Alemães – o envio de alguns bilhões de dólares e os reparos de guerra que podem junto chegar a US$ 10 bilhões. Ângela Merkel e seu governo permanecem mudos a este respeito. Se a Grécia sair do Euro como única maneira de botar sua casa em ordem, o estrondo financeiro será alto, especialmente para os países emergentes que irão ver suas moedas despencarem com a revoada de recursos para o dólar, as TBs e o ouro. Má noticia para o Brasil. (CNN)

9. A empresa chinesa mais quente do mercado de smartphones, famosa por estar copiando a Apple pela metade do preço, está lançando TVs de 40” de LED e com Andróide para vídeos e jogos por apenas US$ 320. Não existe no mercado nada parecido tão barato. Por enquanto só disponível na China, para alivio dos americanos e japoneses. (BI TEch)

10. Após 3 anos a Apple relançou seu McBook, os mais finos, mais portáteis e mais bonitos que a empresa já fez. Tudo foi redesenhado no aparelho, desde as teclas ao monitor, carcaça e baterias. Infelizmente para que isto fosse possível, teve que eliminar todas as entradas deixando apenas uma USB-C para fazer todas as conexões. É uma idéia avançada, prevendo um futuro onde todas as conexões serão wireless, o que, entretanto, ainda não acontece hoje em dia e se o consumidor quiser recarregar seus outros equipamentos no McBook terá que comprar um adaptador (caro) para esta entrada. Pode complicar... (BI Tech)

11. A Boeing acaba de patentear o que era uma ficção cientifica até agora – um campo de força ao estilo ‘Star Wars’. Por enquanto o sistema detecta apenas explosões perto ou junto ao veiculo criando um campo de calor e plasma que isola o mesmo. A idéia é reduzir o numero de mortes por IED, a minas ou artefatos terrestres que foram o inferno dos fuzileiros americanos no Iraque e Afeganistão. Pode ser usada também no mar por submarinos – contra bombas de profundidade. (BI Tech)

12. Está começando de novo a Guerra Fria, com a Rússia firmando acordos com a Nicarágua para vender aviões MIG29 e construir uma base aérea e outra naval para seus navios e aviões de espionagem. É a vingança de Putim pela interferência americana na crise da Ucrânia e invasão da Criméia. Venezuela e Cuba já tinham sido sondadas. (BI Military)

Roberto Musatti - Economista (USP), Mestre em Marketing (Michigan State) e Professor da Reges