E-mail
Assine já!
Notícias Unisite

27/09/2016 - 08:54:25

Beribéri: Entenda a doença causada pela falta de vitamina B1
Considerado quase extinto, o beribéri vem sendo identificado no Brasil desde 2006.
ALTERA O
TAMANHO DA LETRA


Imagem: Fiocruz
Imagem: Fiocruz
Tiamina

O beribéri é uma doença ligada à falta de tiamina, também conhecida como vitamina B1.

Com o tratamento adequado é possível alcançar a cura, mas é uma doença séria que, sem cuidados, pode levar à morte.

Quando a vitamina B1 não é consumida regularmente na alimentação, podem surgir os primeiros sintomas leves do beribéri, como insônia, nervosismo, irritação, fadiga, perda do apetite e da energia. Esses problemas podem se manifestar após dois a três meses de consumo exclusivo de alimentos pobres em tiamina.

Se a alimentação continuar deficiente, os sintomas podem se agravar para dormência, formigamento e inchaço de pernas e braços, dificuldade respiratória, problemas no coração, insuficiência cardíaca e até a morte.

O que comer e o que evitar

No Brasil, a deficiência de tiamina está normalmente associada a populações que se alimentam basicamente de mandioca ou de farinha de mandioca, arroz polido e/ou a farinha de trigo, ou seja, alimentos pobres em vitamina B1.

O feijão está entre os alimentos que possuem a maior concentração da vitamina B1. Outro alimento que é bem brasileiro e está na lista de ricos em tiamina é a castanha de caju. Além desses, as carnes, especialmente vísceras, carne de porco e de vaca, entre outros alimentos como cenoura, berinjela, tomate, repolho e beterraba - que podem ser comidos crus na salada, desde que devidamente lavados.

A ingestão desse nutriente através da alimentação equilibrada é uma das medidas mais importantes para o controle do beribéri.

Considerado quase extinto, o beribéri vem sendo identificado nos estados do Maranhão, Tocantins e Roraima desde 2006.

http://migre.me/v5eBs